Ferramentas simples que dispomos

Esse texto é de 2011, mas ainda está novinho em folha…

Todos os dias encontro com situações limites, minhas ou de outras pessoas. E na minha família de origem temos uma expressão para isso, chamamos de “passar do ponto”. Passar do ponto é quando os nossos limites (físicos, mentais, morais, emocionais, etc) foram ultrapassados e a gente já sente o prejuízo. Como quando o celular fica apitando por bateria ou coisas assim. Depois de passarmos do limite saudável, entramos numa fase de agonia, de perda e esforço ruim. E, de alguma forma, é comum vivermos essas situações que nos levam além dos limites de segurança.

Que ferramentas e recursos dispomos para encarar estes momentos? Muitos. Respiração profunda consciente (faz maravilhas por nós, experimente!), um bom óleo essencial de hortelã sempre por perto para ser cheirado e dar aquela ‘levantada’ no ânimo ou um óleo de lavanda para acalmar, uma fugida ao banheiro mais próximo para se espreguiçar e lavar o rosto, pedir ajuda, tomar um bom copo de água com calma, aplicar Reiki, ligar para quem você gosta para ouvir um incentivo ou carinho, dar uma gargalhada e ter consciência que tudo é transitório e passa, tomar um Floral que você pode mandar fazer justamente para essas situações, enfim, muitas possibilidades existem!

A questão aqui é que esses simples, mas poderosos recursos, precisam ser lembrados e usados… Reclamar é fácil, fazer diferente é que é difícil!

Trackback URL

2 Comments on "Ferramentas simples que dispomos"

  1. Mirela
    19/10/2011 at 4:43 pm Permalink

    Adorei a dica do hortelã ….Obrigado. Bjs.

  2. Zelly
    20/10/2011 at 10:21 pm Permalink

    Tudo muito beeem lembrado! 🙂 Bjs!

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments