Siga seu faro!

Seguir a intuição nem sempre é tarefa fácil, inclusive porque muitas pessoas não sabem definir exatamente o que ela é e, portanto, acham incompreensível que alguém conduza seu comportamento levando em consideração critérios tão abstratos! Costumo chamar minha intuição de ‘faro’. Palavra estranha para definir algo que não faz parte dos cinco sentidos. Talvez eu tenha um instinto de sobrevivência muito apurado, ou apenas repita a forma como meu pai falava, talvez até seja uma pobreza do meu vocabulário – mas para mim faz um baita sentido! E é exatamente assim que me comporto, primeiro ‘farejando’ algo e depois seguindo esse rastro que peguei ‘no ar’….

Mas pare aí para pensar: você já tentou aprender a seguir a sua intuição? Se perceba mais e lembre que a intuição é algo que acontece DENTRO de você e não fora. No início pode parecer com um monte de ruídos (as dúvidas, os medos de errar) e junto há uma mensagem clara, que não é nem parecido com uma voz ou comando, é somente um entendimento, uma percepção. Nada de imaginar fenômenos ou manifestações como nos filmes hollywoodianos, ok? Aprender a distinguir o que é apenas um barulho da mente daquilo que é verdadeiramente intuição, é uma coisa que se consegue praticando, se ouvindo, se permitindo errar e aprender na próxima vez. A coisa toda é simples e natural. E quanto mais conectado estivermos com a nossa natureza interna, mais a intuição nos guiará!

Trackback URL

No Comments on "Siga seu faro!"

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments