Chega de resistência

São tantas as configurações astrológicas mostrando a mudança e o ritmo feroz que a vida da gente está seguindo, que tem muita gente que me pergunta quando isso vai passar. Minha resposta é única: não sei.

Porém, complemento que não penso que o mais importante seja que isso tudo passe, mas que a gente aprenda de uma vez o que tenha que aprender, que se mude os padrões de uma vez, que se despeça logo do que não é mais saudável e que se resgate fortemente os vínculos que estão abertos por aí.

Estamos gastando muito da nossa energia tentando aguentar o período, mais do que mudar de verdade no mesmo período. É uma questão de trocar o ângulo de observação, entendem? Chega de resistir aos acontecimentos, por exemplo, se hoje o tempo passa mais rápido, que tal pararmos de sofrer e de nos ocupar tanto disso como se estivessemos perdendo algo? Podemos nos concentrar em viver mais conscientemente a passagem do tempo como ela se apresenta e não como queríamos que fosse.

Afinal, a energia que a gente gasta resistindo ao inevitável, é a mesma que podemos usar para apenas aceitar e deixar fluir…

Trackback URL

No Comments on "Chega de resistência"

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments