Eletrônicos são ótimos, mas…

Hoje me peguei em meio a um pensamento besta. Pensei que “com todas essas tempestades elétricas, com essa quantidade de raios e trovões, se der algum problema com esse meu computador aqui, eu estou ralada”. Olha que absurdo! Desde quando a minha vida vai ‘se acabar’ se eu perder o conteúdo do meu trabalho? Aliás, onde fica o conteúdo do meu trabalho? Essa resposta é fácil: na minha cabeça, pois se eu produzi uma vez posso produzir sempre! Bem, se um raio cair na minha cabeça, aí sim, tenho problemas a vista…

Vejo muita gente se escabelando e dando piti porque a internet não pega, porque perdeu o celular, esqueceu o Ipad, o computador está no conserto, etc. Tá certo, eu sei que é ruim e não estou dizendo que fico calminha, mas daí a fazer drama e achar que a vida parou por isso é um tanto demais. Atualmente é cada vez mais complicado adquirir moderação e equilíbrio no uso que fazemos dos eletrônicos, porém, é urgente tentarmos! Se o sol da sua vida é um aparelho eletrônico ou tem como logo uma maçã, acho que seus valores precisam ser reavaliados. A dependência de se estar interligado à rede o tempo todo, atualmente já é considerada pela medicina um vício, um transtorno passível de tratamento.

Mas a grande maioria, quase absoluta, das pessoas que tem problemas com seus eletrônicos estão mais apegadas a um conceito, a uma forma de fazer as coisas do que a necessidade propriamente dita. Pelo menos tente fazer de outro jeito. Reescrever, redesenhar, reconstruir, reprojetar, refazer, enfim, dá muito trabalho sim, mas é possível. E a vida de verdade, real e não virtual, não é exatamente assim? Fazer e refazer e melhorar o tempo todo?

Se eu perder todo o conteúdo do nosso site é claro que vou ficar triste, mas recomeço do zero, tenho certeza. Se sumirem as informações e endereços eu construo novas relações e cadastro tudo. Se deletarem o joguinho do Face, eu tenho muitas outras formas de refrescar a cabeça. Se pegar um vírus e acabar com minhas anotações, pesquisas, estudos e Mapas Astrológicos arquivados, depois de um ataque de impaciência terei paciência, e reescrevo tudo no tempo que der. A tecnologia é importantíssima, facilita a minha vida um montão, mas definitivamente, não dou a ela o poder de governar a minha produtividade, criatividade, relacionamentos e prazer.

Trackback URL

, , , ,

One Comment on "Eletrônicos são ótimos, mas…"

  1. Daniel Mezacasa
    09/10/2012 at 7:34 pm Permalink

    É verdade Kety. Concordo plenamente. Comprei um desses celulares itouch alguns meses atrás bem moderno. Achei lindo e bacana, mas percebi que meus nívei de felicidade começaram a cair pois carregava no bolso um bolachão pesado onde poderia acessar gmail, facebook, extrato bancario, sites, livros e ainda tinha que recarrega-lo todo o dia. Bom, acabei vendendo e voltando ao meu celular de teclado. Na minha opinião, hoje em dia o mercado dos eletronicos oferece muita coisa que é desnecessaria para muita gente.

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments