Fortuna Imperatrix Mundi

Na quinta-feira estava eu a almoçar com minha mãe enquanto assistíamos ao noticioso do meio-dia que mostrava a tragédia do desabamento de três prédios no Rio de Janeiro. O comentário de um dos sobreviventes me levou a pensar. No fim do seu depoimento, no qual ele diz que teve somente um arranhão, ele solta:

“…eu não sou um sujeito de sorte. Aquilo não foi sorte, foi Deus.”

Ao que minha mãe responde:

“Mas e os outros? Por que Deus não salvou os outros também?”

Essa história de dizer que a sua divindade, seja ela qual for (Jeová, Jesus, Alá, Buda, [insira aqui o nome da sua crença favorita]…), beneficia você em detrimento dos outros é no mínimo incoerente. Afinal se tal divindade é tão boa e tão justa, por que não beneficiar todo mundo ao mesmo tempo e de maneira igualitária?

Atletas adoram falar nisso o tempo todo: “Agradeço a Deus por essa vitória.”  Parece-me algumas vezes que para a pessoa que dizem que o “seu Deus” a beneficou todos são especiais, mas uns são “mais especiais” do que os outros.

Por isso eu acho que o sujeito deveria creditar ter saído ileso do desastre mais por sorte mesmo do que qualquer outra coisa. Afinal, a deusa Fortuna era completamente arbitrária e imprevisível mesmo, e podia dar-se ao luxo de beneficiar quem quisesse.

Trackback URL

, , ,

One Comment on "Fortuna Imperatrix Mundi"

  1. carmem Giusti
    28/01/2012 at 11:57 am Permalink

    Penso como ele…quando situações como essa que não dependem de mim acontecem, acho que vem de uma Força Maior e não se trata de sorte ou azar. Acredito que estamos vivendo uma experiência e que essa Força tem o poder de conduzir algumas situações e até mesmo de nos retirar dessa experiência. Assim como ele, eu chamo essa força de Deus, e que os que se foram possam estar junto dela nesse momento, e os que ficaram possam tomar essa Força(fé) para aproveitar melhor essa encarnação.
    Beijos Floridos!

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments