Cohaerentia

Do Latim COHERENS, de COHAERERE, “juntar, unir”, formada por COM, “junto”, mais HAERERE, “grudar, colar”.

Certas Todas as profissões requerem um mínimo de postura se a gente parar para pensar um pouco. Não se pode esperar dentes podres em um dentista, nem que o carro do mecânico viva com problemas. É preciso haver coerência entre o que se faz e como se vive. Tudo bem se o personal trainer anda num carro detonado ou se o seu mecânico ostenta uma barriga de cerveja – isso não vai (teoricamente) atrapalhar seu rendimento como profissional. Não se espera um corpo saudável de quem trabalha com máquinas nem uma máquina perfeita de quem não conhece o funcionamento delas.

Para nós, a profissão de terapeuta pode ser um tanto limitante sob determinados pontos de vista. De uma maneira ou de outra, as pessoas procuram terapias ou consultas em momentos de dificuldade, buscando orientações, ajuda, uma indicação que seja. Nesse momento o terapeuta que está a interagir com o cliente tem de ser livre de qualquer problema ou qualquer traço/mau-hábito que possa comprometer sua imagem.

Vejam bem, não é preciso ser perfeito – mesmo porque ninguém é. Só que existe um limite máximo de defeitos naquele momento que não pode ser ultrapassado. E você, terapeuta que me lê nesse momento, saiba que é um limite bem apertado.

Quem aí de vocês, não-terapeutas, faria uma consulta com um sujeito que fosse pego deitado na sarjeta bêbado? Ninguém, né? Não seria coerente da parte dele fazer isso. A mensagem dada é a de que o discurso é um e a atitude é outra. Creio que quando não existe a tal da coerência é sinal de que algo anda muito errado.

Alargando um pouco mais esse conceito: Você é um contador com dívidas? Uma manicure de unhas feias? Um professor que não educa os próprios filhos?

Se você não está sendo coerente, pense na sua vida. Pra ontem.

Ah, e Feliz 2012!

Trackback URL


No Comments on "Cohaerentia"

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments