Mães Girafas

Uma girafa não tem como deitar para dar cria, caso faça isso, ela e seu bebê correm o risco de serem devorados por leões, hienas, e outros animais. Então a girafa recém nascida despenca de uma altura de aproximadamente dois metros. Ainda tonta e assustada com a queda, a girafinha muitas vezes não consegue manter-se nas quatro patas. Adivinhem o que a mamãe girafa faz para ajudar seu filhote? Ela começa a chutar sua cria até que ela pare de cair no solo e saia andando. Caso isso não aconteça imediatamente ao nascimento, ela será vítima dos predadores.

Tenho visto muitas mães do tipo “girafas” e vejo que o resultado é positivo, geralmente seus filhos são bem sucedidos, andam ao encontro dos seus desejos com muita segurança e com o caminhar de um ser portentoso. Nos seres humanos, muitos filhos de mães girafas ainda precisam de muita terapia porque acabam valorizando mais os chutes do que os benefícios da atitude daquela que mais intimidade tem com você – pois é de dentro dela que você saiu depois de hospedar-se por um longo tempo. E ela, por estar há mais tempo aqui na terra, acaba achando o melhor jeito de trazer você para o mundo e lhe dar o que você precisa para poder sobreviver, e viver melhor.

Toda fêmea conhece muito bem sua ninhada, e sabe exatamente o que cada um precisa para caminhar para o mais. Muitas vezes ela precisa ser girafa para proteger seu filhote e este não ser devorado.

Se no seu sistema familiar você se sente chutado, faça uma reflexão de onde você estaria se sua mãe não fosse uma girafa.

Beijos Floridos!

Trackback URL

, , ,

5 Comments on "Mães Girafas"

  1. Zelly
    14/11/2011 at 2:55 pm Permalink

    Carmem, que informação preciosa!!
    Obrigada por florescer discernimento e consciência em nós!
    Beijos de luz,
    Zelly

  2. Katia
    15/11/2011 at 9:40 pm Permalink

    Lindo texto, Carmem! Prá pensar…
    Beijos e
    Até qualquer hora.

  3. Eveline
    16/11/2011 at 9:04 am Permalink

    Sim…, vale a reflexão, lindo texto, beijos

  4. Cláudia
    16/11/2011 at 3:03 pm Permalink

    Que sabedoria esses animais. Obrigada por compartilahr conosco tudo isso.
    Bjs.
    Cláudia.

  5. Sabrina
    24/11/2011 at 8:46 pm Permalink

    Carmem …
    Adorei … e você sabe que tenho experiencia nesse assunto… rs
    Obrigado mais uma vez.
    beijinhos

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments