Areia Movediça

Quando eu era pequeno, ouvia no velho radinho de pilhas do meu pai uma música do Chico Buarque que me chamava a atenção. Sua letra dizia mais ou menos assim: “…tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu, a gente estancou de repente ou foi o mundo então que cresceu…” .

Hoje percebo o quanto estas palavras são profundas, pois estamos vivendo dias em que, não importa o movimento que se faça, a sensação é de que aquilo que fazemos nos leva a uma confusão. Você aí não tem essa sensação às vezes? A sensação de que entramos num redemoinho onde tudo sai do lugar – ou que o redemoinho tenta fazer tudo sair do lugar?

Tem dias em que a vida parece com areia movediça: se a gente resiste e se mexe muito, nós ‘afundamos’ mais rápido e se não reagimos, se ficamos parados, também afundamos, só que mais devagar.

Mas chega deste sentimento de inadequação, de sermos levados por essa instabilidade, por essa massa de energia negativa que está no inconsciente coletivo. Está mais do que na hora de assumirmos os nossos posicionamentos e reafirmarmos as nossas escolhas com firmeza, sem medo de não agradar, com a certeza de que estas posturas é que são o solo firme em que pisamos e que não mais permitiremos que as confusões alheias enfraqueçam a nossa base.

Pés firmes no chão, olhos no horizonte e mente nas estrelas. Somos Jeferson e Kety e assim falamos!

Trackback URL

3 Comments on "Areia Movediça"

  1. Ivani
    26/05/2011 at 1:48 pm Permalink

    Sabias palavras Kety…
    é esta a sensação que tenho e não tava conseguindo assimilar..

    abraços

    Ivani

  2. Daniel Mezacasa
    27/05/2011 at 10:29 am Permalink

    Joaozinho resolveu que ia tomar alguns posicionamentos e ia deixar de fazer as coisas no seu trabalho sem questionar, e resolveu mudar, dar opiniao e inovar procedimentos. Muita gente se surpreendeu. Alguns nao estao gostando. A mudanca toda esta trazendo uma enorme seguranca e satisfacao do Joaozinho em se sentir mais integrado e sendo um ser inteiro e nao fragmentos de personagens.

Trackbacks

  1. [...] o texto “Areia Movediça” me fez lembrar uma afirmação sobre doença do Dr. Bach – bacteriologista, homeopata e [...]

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments