Xamã

Hoje ouvi uma pessoa falar sobre as titulações que o ser humano vai adquirindo ao longo de sua vida. Ele reforçava a importância de termos títulos reconhecidos por instituições formais. Mas será que é só estudar e fazer uma prova?

Nós, da Casa do Conhecimento, também acreditamos que nossos cursos devem ser reconhecidos, mas não apenas como papéis para serem colocados em molduras bonitas, e sim, como provas concretas das superações e dos esforços destinados a absorver e compreender uma determinada técnica.

Para os povos nativos, um xamã é reconhecido e assim denominado, somente após ter passado por vários encontros consigo mesmo e com as forças da natureza.

O Curso de Formação em Xamanismo Ancestral Urbano – XAU tem certificação pela OSCIP Padre Landell de Moura e desenvolve a capacidade e a coragem de olhar para dentro de si e reconhecer suas falhas, procurando transformá-las para levar a vida com mais leveza, entendendo que tudo é como deve e pode ser. Não temos a chuva sem as nuvens, e nem o sol nasce sem o passar da escuridão da noite. O XAU oportuniza que as capacidades de cada um sejam vivenciadas através de práticas nativas milenares adaptadas a nossa cultura atual. Assim, nossos corpos, mentes e almas são respeitados como templos do Grande Espírito, o Criador.

Se você sente no seu coração a necessidade de dedicar um tempo a essa jornada interior, venha compartilhar conosco essa experiência que unifica a simplicidade da cultura nativa com a complexidade da vida urbana. Bem vindo ao XAU.

Eu sou Jeferson Maus e assim falei!

Trackback URL

, , , ,

One Comment on "Xamã"

  1. christine
    28/02/2011 at 10:37 am Permalink

    Com certeza os meus títulos de reiki , floral, aromas e cristais, XAU e todos os outros que fiz na minha vida, estão emoldurados no meu coração, pois vivencio eles a cada momento de minha vida.
    beijos
    kiki

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments