Sabedoria Antiga

Ontem a noite, tentando achar algo para assistir na televisão, eu parei na Globo, pois vi a chamada de um quadro entitulado “é bom pra que?”. Achei que fosse aprender alguma coisa na reportagem, porque como toda pessoa criada no interior eu sempre fiz – e faço – uso de chás de plantas medicinais, e tive a ilusão de que seria algo interessante. Ledo engano!

Mais uma vez eu assisti a mídia avacalhando com o conhecimento dos antigos sobre o uso de plantas. Concordo que os tratamentos alopáticos não devem ser abandonados e que os médicos devem saber dos tratamentos alternativos, mas não concordo com a forma dos médicos alopatas tratarem estes chás e infusões. Afinal, a maioria dos medicamentos encaixotados tem como base os princípios ativos retirados de plantas!

Sei também que muita gente que se aproveita da simplicidade das pessoas e que são charlatões, mas também tem muito médico falso trabalhando por aí e nem por isso desacreditamos da classe médica, que tem excelentes profissionais, assim como a área das terapias complementares. Rotular todos da mesma maneira me parece puro preconceito!

Acho que a medicina convencional deveria se aprofundar nas pesquisas para descobrir as doses certas dos chás e infusões e assim facilitar o uso destes remédios que sempre foram usados pela sociedade de forma curativa. Não devemos fechar os olhos para o passado, mas sim, torná-lo mais claro sob a luz da nova medicina.

Trackback URL

, ,

One Comment on "Sabedoria Antiga"

  1. christine
    06/09/2010 at 1:31 pm Permalink

    Oi !
    Vi a reportagem na semana passada , e como pessoa e médica que sou fiquei beemm chateada com o que assisti , pois acho que a terapia alopática e a sabedoria antiga do uso de plantas poderiam se unir para melhor tratar as pessoas , mas mais uma vez assistimos a prepotência humana de que a minha religião é a melhor , o meu partido político é o bom , o meu tratamento é que te salvará.
    beijocas
    kiki

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments