Meus preciosos…

Já declarei anteriormente aqui no blog o meu amor pelos livros, e não pude deixar de me identificar com a figura aqui ao lado, praticamente um autorretrato (ainda não gosto dessa nova grafia)! Durante muito tempo da minha vida, às vezes precisava empurrar os livros para o lado para poder deitar, porque eu adorava ficar esparramada, estudando com vários livros abertos e fazendo anotações…

Quando aprendi patchwork eu até pensei em fazer uma colcha especial, cheia de aplicações com formatos de livros, mas optei por usar meu pouco tempo de sobra, adivinhe? Fazendo o que? Lendo!

Será que as pessoas ainda mantêm o hábito de ler desse jeito? Cada vez ouço mais relatos de leituras rápidas, da dificuldade de conseguir terminar um bom livro, de não priorizar a cultura, ou pior, achar que a cultura só existe na internet! E olha que sou super a favor do mundo virtual, também leio muito desse jeito, inclusive vários livros. Mas será que posso chamar de ‘livros’ quando não posso tocá-los? Não estou bem certa disso. E sei que o que vale é o conteúdo e não a forma, mas não consegui me conformar que os livros possam ser substituídos. E o cheirinho do papel? Ok, são tempos de maior consciência ambiental. Mas e eles todos empilhadinhos ‘me olhando’? E aquele monte de marcadores de livros? Ai, esse apego de quem tem excesso de Terra no Mapa precisa ser melhor trabalhado, tô sabendo. Tanto é que me desfiz de alguns já, por uma questão de espaço físico mesmo, eu engordei, então eram eles ou eu! E estou com uma baita pilha (ok, não tão baita) para ‘vender simbolicamente’ na recepção da Casa do Conhecimento. Se alguém se interessar venha correndo antes que eu desista…

Trackback URL

, ,

2 Comments on "Meus preciosos…"

  1. christine
    02/06/2010 at 8:56 am Permalink

    Oi Kety
    Resolvi colocar 2 livros no meu consultório, porque também sou super vidrada em livros ( é um perigo eu entrar numa livraria , sempre compro um livro) , mas sinceramente pensei que ninguém iria ler.
    Passado algum tempo e fui verificá-los e qual minha surpresa?! O livro cheio de “marcadores” de todos os tipos, pois vários pacientes meus chegavam antes da consulta para espiar os livros.
    Aprendi que vale a pena estimular a leitura, o pessoal ainda gosta disso!
    beijos
    kiki

  2. Mariana
    02/06/2010 at 11:57 am Permalink

    Olá!

    Vi muito de mim mesma no post da Kety…
    Sou vidrada em livros desde criancinha!
    A-M-O. Simplesmente.
    Não posso viver sem, não consigo imaginar minha casa sem a minha pequena biblioteca (onde todos os dias olho e “converso” com meus livros, como se fossem velhos amigos) e se vou viajar, a primeira coisa que vai para a mala é um bom livro…

    Abraço, Mariana.

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments