Flexibilidade & Destino

Como é bom ser flexível! E não falo apenas de corpo físico, músculos, articulações e joelhos, mas sim dos comportamentos e das posturas. Nos organizamos para fazer ou não fazer algo, dizemos que ‘vai ser exatamente desse jeito‘ e de repente surge algo novo, algo que exige que a gente reavalie as combinações prévias, que mude o rumo do que estava predeterminado. Quando a gente se permite trocar de idéia de maneira consequente, fazer diferente e recombinar coisas, quantas surpresas positivas e ganhos nos arriscamos a viver…

Ontem vi a Carmem, nossa terapeuta floral, sair da Casa do Conhecimento bem mais tarde que o normal, pois como na nossa cidade vai ser feriado amanhã, ela precisou se flexibilizar em termos de horário para atender todos os seus clientes. Era tarde, chovia muito, estava bem frio, e o rosto dela mostrava o sorriso e o brilho nos olhos de quem fez a escolha certa. Sim, eu reparo nestas coisas, pois estes são ensinamentos que não podemos deixar de prestar atenção, que devemos reativar todos os dias.

Esta semana também vi isso acontecer com o Jeferson, que realizou de maneira imprevista um Curso de Reiki 1 para apenas três amigas, em função de que uma delas voltará para o país em que mora nos próximos dias. Como valeu a pena reorganizar a agenda, dar um curso com poucos alunos e se flexibilizar. E, segundo as próprias palavras do Jeferson, mais do que uma sintonização em Reiki, o curso foi uma aula de vida, com pessoas que se conhecem há muito tempo e que puderam vivenciar este momento de profunda transformação amparadas e acompanhadas de companheiras de vida. Uma das facetas do Reiki é a entrega e a confiança de coração.

Amanhã é a minha vez de ‘alongar a rigidez’ e atender mesmo sendo feriado. Meu cliente mora na Nova Zelândia e vai embora logo, então porque não fazer diferente?

E você aí, tem flexibilizado as certezas, alargado o coração, reavaliado as regras e ampliado os seus conceitos? Tente. Felizes somos todos nós quando acreditamos no nosso coração, e podemos então modificar o nosso destino e o destino do mundo ao nosso redor.

Trackback URL

, ,

2 Comments on "Flexibilidade & Destino"

  1. Cláudia Adriana Bergamaschi
    12/05/2010 at 7:05 pm Permalink

    Oii Kety!
    É uma pena que dentro de tanta flexibilidade que temos, há algumas pessoas que encaram estas mudanças repentinas como uma falta de manter uma palavra já dita, uma ação, ou até mesmo um não cumprimento de algo que já estava pré-determinado. E ainda ficam nos olhando com uma cara feia de julgamento!
    Entendo que sim, que devemos nos flexibilizar porque a vida é assim… as coisas acontecem e não podemos perder as oportunidades que são apresentadas no nosso dia a dia. É necessário entendermos os sinais do Grande Espírito, não é mesmo?
    Beijos iluminados e com saudades do povo todo da Casa.

  2. Cesar Rodrigues
    13/05/2010 at 9:39 am Permalink

    Flexibilidade,…haja força…

    Saudades dessa turma! No físico né, pois no mental tô todos os dias com vocês!…

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments