O ego ou ‘Ô, ego?’

Estar aqui encarnado em terceira dimensão (3D) implica em ter “ego”. Se alguém acha não tem, desculpe… meu amigo, seu ego está tão grande que você está tão mergulhado dentro do seu próprio umbigo como um peixe num aquário e não consegue olhar de fora. Isso sim é ser “umbigudo”!

O ego, multidimensionalmente falando, é a parte responsável por nossa individualidade humana e também pela “organização” das coisas físicas em nossa vida terrena. Poderíamos até compará-lo a um computador de bordo. Nosso ego se localiza em nossa mente. Ela coordena os movimentos de nossas pernas e braços, comanda os hormônios, as batidas do coração, registra emoções e por aí vai. Não somos máquinas humanas por esse importante detalhe: possuímos sentimentos e emoções! Você consegue pegar a raiva? Isolá-la em um tubo de ensaio? Não dá né? A adrenalina até dá. No entanto, as emoções transcendem nossas funções fisiológicas e também ficam registradas em nosso cérebro.

Nosso amigo ego tem o encargo de nos mantermos no funcionamento humano, mas, essa é – apenas – uma parte de nossa existência. Somos seres multidimensionais, oras! A tendência do ego é nos preservar e nos manter funcionando aqui. Encarnados em um corpo físico. Pegando emprestados termos da informática, a “versão” desse nosso aspecto é um pouco limitada. Se alguma vez sentimos medo de algo, ao reviver situação semelhante, o ego liga o programa gravado e faz com que revivamos aquele medo, aquela emoção.

Para que nossa existência em 3D não seja limitante, precisamos compreender de que forma nosso ego engessa nossa vida, contamina decisões e nos aprisiona (em nós mesmos), pois afinal somos nosso ego – não podemos ficar sem ele (senão a gente desencarna!) – e mais um monte de aspectos não-físicos também! Quando acessamos dimensões superiores, podemos ver mais facilmente as armadilhas do ego.

É preciso colocar muito amor em nossas limitações para transmutá-las e, então, evoluirmos… do umbigo para o Cosmos.

Trackback URL

, ,

No Comments on "O ego ou ‘Ô, ego?’"

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments