As asas

Na recepção da Casa do Conhecimento, eu conversava com duas clientes sobre a importância de se fazer cursos com professores, instrutores ou mestres, que não nos excluem e nem se tornam indiferentes à nós quando questionamos algo, ou aqueles que não tentam nos aprisionar aos seus modelos de comportamento nos impondo um formato que não temos, e nem nos tornam discípulos de suas ‘verdades perfeitas’. Refletindo sobre isso, recorro ao belo texto do Rubem Alves e reforço meus pedidos ao Mundo Maior para que possamos sempre manter as asas da Casa do Conhecimento bem abertas…

 

“Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas. 

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do voo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o voo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em voo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o voo, isso elas não podem fazer, porque o voo já nasce dentro dos pássaros. O voo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.”

Trackback URL

, , , ,

One Comment on "As asas"

  1. Cláudia Adriana Bergamaschi
    22/07/2009 at 8:21 pm Permalink

    Olá Kety!
    Lendo o texto percebi que sempre tive asas, porém nunca tive coragem pra voar. Apartir do momento que conheci a Casa, desde o princípio vcs incentivaram-me a voar.
    Obrigado por tudo.
    Beijos iluminados Cláudia.

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments