Primeira e última

 

Me senti muito triste com a tragédia que aconteceu ontem aqui em Novo Hamburgo, no meu mundo, no nosso mundo. Conhecíamos duas das pessoas que foram brutalmente assassinadas, Rosangela e Maria Francisca, mãe e filha. E de novo recorro ao Osho para poder organizar minhas emoções:

“Quando estiver com uma pessoa, lembre-se que essa pode ser a última vez. Não desperdice a oportunidade com trivialidades, não crie problemas e conflitos sem importância. Quando a morte está próxima, nada mais importa. Se alguém fez ou disse alguma coisa e você ficou irritado, pare e pense como seria se essa pessoa morresse ou se você morresse. Que significado teria, então, aquilo que foi dito? Talvez a outra pessoa nem tenha pensado ou dito aquilo com aquela intenção – pode ser apenas uma interpretação sua. Em geral é isso que acontece.

Tudo está em constante mudança. Assim como você não pode se banhar duas vezes no mesmo rio, também não pode se encontrar com a mesma pessoa duas vezes. O mesmo acontece com seus pais, irmãos e amigos. Nada nem ninguém permanece o mesmo. Você mudou, já não é o mesmo. Mas eles também não. Se você se lembrar dessas duas coisas, o amor florescerá. Encontre a outra pessoa sempre como se fosse a primeira vez. Encontre a outra pessoa sempre como se essa fosse a última vez. É de fato assim que as coisas são. Então esse pequeno momento de reunião pode trazer uma grande plenitude.” Osho

Trackback URL

, , , ,

2 Comments on "Primeira e última"

  1. jeice
    16/04/2009 at 9:01 am Permalink

    Bom dia
    Tragedias acontecem dia a dia, assim como desde o começo da semana ate esta amanha, que ficamos sabendo d mais uma morte, esta consequencia de um assalto………….. dificil de entender, de assimilar, parece que ”nao entra” na cabeça………. bem complicado..

    E na maioria das vezs ningm se da conta de que pode ser o ultimo minuto mesmo que estamos falando com alguem….

    a mensagem fala tudo que sabemos, que aconselhamos, mas raramente praticamos, enfim……..

    teria como me passar esta mensagem quero expor para que todos possam ler e ”lembrar” de gestos pequenos, mas fundamentais

    beijos

  2. Gabryelle Rocha
    17/04/2009 at 8:30 pm Permalink

    Todos os dias ligamos a tv e nos deparamos com noticias de horrores como esse, mas dessa vez doeu demais. Doeu pois era muito próximo a mim,doeu pela maneira que aconteceu. Ela dormiu com o inimigo. A morte dela não é o que mais doe, pois sei que está em um lugar bem melhor, mas a maneira que tudo aconteceu, em saber que, como eu, outras pessoas foram lá a noite ou tiveram vontade de ir ou sonharam ou viram que havia algo muito estranho no fato da assassina ter ido dormir pela 1° vez lá. Duas almas que muito tinham a acrescentar e ensinar ao mundo nos deixou, mas espero que o sentimento de perdoar a ofensa do próximo tenha tocado cada um de nós.

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments