Você, que veio das estrelas

 

Você, que veio das estrelas, sinta agora no canto mais íntimo de sua alma, que chegou o momento de encontrar na Terra, a sua família universal, que chegou o momento do reconhecimento, que chegou o momento da reunião de todas as forças para a realização da missão única de que todos se incumbiram, antes de aqui chegarem.

Abra seu coração, acorde sua consciência adormecida, apalpe seu ser interior, deixe que ele fale, acima de tudo, acima do mundo, acima de todos os conceitos que não lhe permitem existir em toda a sua potencialidade cósmica.

Você, que veio das estrelas, que é todo luz e é todo força, libere-se, que chegou o tempo de abrir as portas para uma nova era.

Você, que veio das estrelas, eterno viajante do espaço, compartilhando agora com tantos outros irmãos uma experiência tridimensional e difícil, não se deixe mais perder em momentos inúteis que lhe trazem apenas solidão, não se deixe mais seduzir pelas falsas luzes do asfalto. Assuma sua personalidade cósmica, estenda seus braços e, num único abraço, envolva sua grande família, sua imensa família universal e todos juntos, com plena consciência da unidade de sua origem, cada qual com a sua parcela de colaboração, cumprirão com alegria e coragem o maravilhoso trabalho de conscientização da humanidade para este novo milênio!

Trackback URL

, , , , , ,

5 Comments on "Você, que veio das estrelas"

  1. Daniela
    18/03/2009 at 8:40 pm Permalink

    Que textinho nada à ver….

  2. Daniela
    18/03/2009 at 8:48 pm Permalink

    Ops…. ai gente… desculpem-me foi mau….
    Eu amoooooooooo esse blog, acesso toda a semana; tenho o maior respeito por todos vocês!! (mesmo sem conhecê-los).
    Desculpe Zelly…. mas bah… é que achei este muito “viajandão” mesmo…
    Mas você deve ser show!!
    Me perdoa…. já li outros textos teus que adoreiiiiiiiiii)
    Abraço,
    Dani

  3. Raquel
    19/03/2009 at 12:58 am Permalink

    Olá!!!!

    Eu ao contrario da pessoa acima adorei….mas cada um na sua realidade e entendimento…abs

  4. Daniela Silva
    23/03/2009 at 10:51 pm Permalink

    O texto é lindo. Uma vez procurava algo para saber porque sinto esse vazio e ganhei de presente o Canto da Alma…imaginem. Foi lindo. E após quase 3 anos estou eu procurando algo para relembrar as palavras que ouvir da pessoa que realizou o Canto…lindo e sábio esse texto…adorei.

  5. Nathan Castell
    24/03/2009 at 7:51 am Permalink

    Como diz acima, “Freqüencias de Brilho”
    Cada pessoa é uma freqüencia particular da luz do Creador, uma creação única que se afina com determinadas vibrações, dependendo a luz que cada um já alcançou, do entendimento que a mente particular de cada um no seu caminho de evolução, não podemos esperar que todos gostem de tudo como se diz por aí “O que seria do azul se todos gostassem do amarelo” a diversidade é a riqueza do ser humano e cada um tem o direito de concordar ou não com aquilo que leu, é uma questão de em qual parte do caminho se está não há certo ou errado o Universo é um campo de possibilidades, e nós em particular temos que ter paciência uns com os outros pois não sabemos de tudo e temos que nos colocar com mais humildade diante deste Universo e da humanidade que aqui vive neste planetinha lindo.
    Namastê

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments