Portas abertas

 

Ontem conversávamos sobre portas e sobre a importância de se deixar as portas abertas – e claro que era no sentido figurado. Falávamos do quanto nos parece importante – especialmente nas relações verdadeiras – nunca se trancar as portas. Não a abertura da insegurança ou da falta de posicionamentos, não as portas que não se fecham pela indecisão. A reflexão é sobre o crescimento que as mudanças trazem,  e que a cada vez que atravessamos as portas abertas, temos uma dimensão diferente daquele espaço e daquela relação.

Portas abertas permitem que a gente faça o caminho de ida e de volta, se quisermos. E como nos alegra saber que podemos criar asas e ir, mudar de idéia e voltar, buscar novos sonhos e ir novamente, sentir saudade e ser adequado voltar! Que bom quando construímos relações que têm espaço para as mudanças, para os ciclos, para a liberdade…

Não tenha medo, se a porta estiver aberta, atravesse!

 

Trackback URL

, , , ,

One Comment on "Portas abertas"

  1. tais
    13/05/2008 at 8:19 pm Permalink

    Kety….este texto me fez refletir bastante sobre oportunidades que estão surgindo..muito obrigada! sei que vc não escreveu diretamente pra mim mas serviu bastante. bj

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments