Os pecados

Esse texto é do popularérrimo escritor Paulo Coelho. Sem preconceitos eu li e me identifiquei totalmente com a mulher que ele fala – aliás, como não fui eu que disse isso? Compartilho com vocês.
Ele conta o seguinte:

“Conheci a pintora Miie Tamaki durante um seminário sobre Energia Feminina. Perguntei qual a sua religião. 
– Não tenho mais religião – ela respondeu. 
Notando, a minha surpresa, explicou:
– Foi educada para ser budista. Os monges me ensinaram que o caminho espiritual é uma constante renúncia: temos que superar nossa inveja, nosso ódio, nossas angústias de fé, nossos desejos. Consegui me livrar de tudo isto, até que um dia meu coração ficou vazio: os pecados tinham ido embora, e minha natureza humana também. 
No início fiquei contente, mas percebi que já não compartilhava das alegrias e paixões das pessoas à minha volta. Foi então que larguei a religião: hoje tenho meus conflitos, meus momentos de raiva e de desespero, mas sei que estou de novo perto dos homens – e conseqüentemente perto de Deus.”

Trackback URL

, , , , , ,

One Comment on "Os pecados"

  1. vanessa
    02/04/2008 at 3:46 pm Permalink

    Nossa maaravilhoso!
    Eu também sou da mesma opinião…, acredito q por ter passado pela mesma experiência, de um vazio q parece q nunca mais vai ser preenchido…pude ver que o meu maior medo era deixar de sentir, por isso hj procuro sentir tudo de todas as maneiras, sorrindo, chorando, gritando, amando…e quando as coisas ficam calmas eu até me preocupo…hahahaha

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments