Páscoa, sob outro ponto de vista

Agora que a Páscoa já passou, proponho um outro ponto de vista sobre suas origens e simbolismo.

O feriado da Páscoa, sempre comemorado aos domingos, marca o ponto fundamental sobre o qual o Cristianismo se baseia: a ressurreição de Jesus após a crucificação na sexta-feira santa.

Até aí todo mundo sabe. O que pouca gente sabe é que a Páscoa é um feriado originalmente judaico. A própria Santa Ceia é um Seder que vem a ser o jantar de comemoração dos judeus…afinal Cristo era judeu e nada mais normal que ele viesse a comemorar como rezava a tradição local da época.

A palavra Páscoa vem do hebraico Pessach, que quer dizer “Ele passou sobre”. É uma referência à última das dez pragas do Egito na qual Deus passou sobre as casas dos israelitas sem matar nenhum de seus primogênitos – coisa que não aconteceu com os egípcios.

O Pessach é uma das festas mais importantes para os judeus porque nela se comemora a libertação da escravidão. Acontece que a prisão, flagelo e crucificação de Cristo se deram durante o Pessach – daí a Igreja aproveitar a data para a comemoração do milagre da ressurreição.

Independente de religião, o significado de ambas as festas acaba por ser parecido.

Na tradição Crista é época de renovação, de deixar o velho morrer e renascer o novo. É o momento de lembrar o homem que se ofereceu como sacrifício a fim de salvar a humanidade e que é o profeta maior do Cristianismo. É demonstração maior do amor de Jesus, é quando ele cumpre seu propósito.

Já os judeus comemoram a fuga da escravidão a que eles eram submetidos no Egito. Vemos, dentro da Cabala, que essa é uma metáfora para a libertação do espírito aprisionado pelos desejos do ego. É preciso lembrar que – depois de anos de escravidão – os judeus tiveram que correr e deixar tudo para trás a fim de rumar para a “terra prometida”.

São duas mensagens que falam de transformação, renovação, abandono do que é antigo, sacrifício em prol de um todo maior e – principalmente – evolução espiritual.

Trackback URL

, , ,

No Comments on "Páscoa, sob outro ponto de vista"

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments