A mente I

mirror.jpg

“A mente é como um espelho. Embora nossa natureza verdadeira seja a deidade, o que vivenciamos agora são os reflexos da mente ordinária. Inimigos, impedimentos, momentos não-auspiciosos – que parecem todos estar fora de nós – são, de fato, reflexos de nossas próprias negatividades.
Se você nunca tivesse visto sua imagem antes, ao olhar para um espelho, pensaria estar olhando através de uma janela, encontrando alguém totalmente independente de você. Você não reconheceria a conexão. Se visse lá uma pessoa de aspecto horrível, com o rosto sujo e o cabelo desalinhado, poderia sentir aversão. Poderia mesmo tentar limpar a imagem, lavando o espelho. Mas um espelho, como a mente, é um refletor – somente mostra você a você mesmo. Somente se pentear o cabelo e lavar o rosto poderá mudar o que viu. Terá que mudar a si próprio; não poderá mudar o espelho.” Chagdud Tulku Rinpoche

Trackback URL

, , , , , , ,

No Comments on "A mente I"

Hi Stranger, leave a comment:

ALLOWED XHTML TAGS:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Subscribe to Comments